SITE DE POESIA E PROSA DA ESCRITORA
Digite aqui o assunto que deseja procurar dentro do Site e aperte a tecla "Enter" ou clique no botão "Pesquisar".
Escrevendo Belas Artes!
Conheçam a arte escrita de Julia Lopez, membro da Academia de Letras do Brasil - ALB.
Textos

 

HELENA DE MITILENE

 

Teu corpo é minha Hélade
E por isso, sou Helena,
Não por nascimento ou por beleza,
Posto que tão bela assim não sou
E do teu ventre não venho,
Embora nele repouse
E entre tuas coxas viva,
Bebendo da fonte termal
Que transborda desejo
E em abundância celebra a vida! 

 

És Helena 
Não apenas pelo nome
Ou porque nasceste
Na Hélade formosa, 
Mas porque excedes
O ideal de beleza helênico:
És efígie da bela 
E desafortunada 
Rainha de Esparta, 
Símile à Afrodite
– enlouqueces como Helena!

 

Seduzes como Helena,
Posto que tua beleza
Poderia provocar tragédias,
Tornar-te vítima das maldades
De homens como Teseu;
Tornar-te vítima do amor e da beleza
Como com a rainha ocorreu
Ao ser prometida a Páris,
E fatalmente levar deuses e homens 
A conflitos épicos e bélicos
– não se pode ser tão bela
sem que ocorra uma desgraça!


Não, não sou como a ti:
Não afronto a Afrodite 
Com uma beleza imortal!

 

Não seduzo como Helena,
Nem levo reinos à contenda;
Sou Helena porque vivo em ti 
E habito teu acalorado seio:
Navego por tua costa,
Singro as ondas da tua cabeleira,
E caminho por teu solo,
Por tuas cálidas areias,
Assim deixo pegadas e cócegas,
E em risos te contorces deliciosa 
– amo ser Helena!

 

Em comum com Helena,
Tenho apenas o célebre nome
E a loucura de minha vida
Deixar para trás e me entregar 
A um lindo e mágico amor
– estou perdida de amor!

 

Helena de Esparta,
Depois de Tróia
E agora de Mitilene,
Não importa qual sejas:
Importa ser minha Hélade
E por amor fazer-me Helena
– amo ser Helena!

 

17/10/2023

 

 

Nota sobre a foto: “Helena de Tróia”, tela pintada em 1898 pela inglesa Evelyn de Morgan (1855 – 1919).

Julia Lopez
Enviado por Julia Lopez em 17/10/2023
Alterado em 25/10/2023
Copyright © 2023. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários

 OBRA 

 BLOG 

 

Voltar ao início

 

MURAL DE AVISOS:
 

- Para lerem meus NOVOS POEMAS PUBLICADOS, basta clicarem no título: Sinto a Tua Falta...OrbitalLaços da EternidadeInquietudeMeu MundoFim de NoiteSinto Partir...O Homem IdealPorto de ErinaTríbadesA MelissaA HebeHelena de MitileneManhãs PantaneirasGárgula Pantaneira e Valores da Terra

- Acessem meu Blog e saibam mais sobre minha posse como Imortal da Academia de Letras do Brasil - ALB.

 


 

FERRAMENTAS DE PESQUISA:

Abaixo disponibilizo caixas de pesquisa que podem ser úteis. Não se preocupem com qualquer mensagem de "formulário não seguro" ou "conexão não segura" que surgir, pois nessas caixas não serão inseridos dados importantes, nem dados pessoais ou sigilosos.

 

Dicionário online:


Para pesquisar sobre assuntos gerais e mitológicos:


teste


Para pesquisar sobre mitologia:

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Digite aqui o assunto que deseja procurar dentro do Site e aperte a tecla "Enter" ou clique no botão "Pesquisar": Copyright © 2013. Todos os direitos reservados sobre todo o conteúdo do site. É proibida a cópia, reprodução, distribuição, exibição, criação de obras derivadas e uso comercial sem a minha prévia permissão.
 OBRA         BLOG