SITE DE POESIA E PROSA DA ESCRITORA
Digite aqui o assunto que deseja procurar dentro do Site e aperte a tecla "Enter" ou clique no botão "Pesquisar".
Escrevendo Belas Artes!
Conheçam a arte escrita de Julia Lopez, membro da Academia de Letras do Brasil - ALB.
Textos

 

MANHÃS PANTANEIRAS

 

A natureza tranquila

Do ambiente de um leito

Banhado pelas primeiras réstias

Da bela e cálida aurora,

Esconde toda a agitação

Da noite calorosa

Que langorosa passou

– pantaneira e úmida se vê!

 

Com olhos de predadora,

Sôfrega e inerte,

Observa atentamente

O leito se avolumar

Não só pelo extenso lençol

Que abundante o preenche,

Mas pelo dorso que se revela

E forma perturbadoras ondas

Ao emergir deliciosamente...

 

À beira do leito posicionada,
Intumescida e palpitante,
Úmida e acalorada,
Tenta a fera manter a calma
No ambiente carregado de tensão,
Mas sente o aroma de carne fresca
Invadir os seus sentidos,
E totalmente entregue a seus instintos,
Lépida salta sobre a presa!

 

Em um abraço apertado,

Crava as garras na pele áspera e espessa

E morde o pescoço avidamente

– crava as presas na presa,
que sente nas pernas a fraqueza!

 

Poderosa e dominadora,

Decide a rainha pantaneira

O terreno da caçada:

Arrasta o corpo grande,

Forte e robusto para fora do leito,

Onde sua presa é menos ágil,

Onde se sente menos confortável!

 

Os caninos mordem com vigor

E carregam a presa ao chão tapetado

– com o extenuante e satisfatório esforço,

empina a cauda, faceira!

 

A feroz fera felina

Libera o pescoço de seus caninos

E passa a lambê-lo delicadamente

Enquanto volta a imobilizar o corpo

Com seu abraço mortal,

Ansiosa por degustá-lo calmamente

Antes de devorá-lo, ao final!

 

Um abraço pleno,

Cheio de satisfação pela caçada,

Cheio de satisfação pela conquista!

 

Ele, tão robusto e dominador,
Vivia como um predador
Arrastando-se por aí com sua pele grossa
Em busca de carne fresca:
Caçava as presas e as arrastava para o leito,
Onde ficavam mais frágeis,
Onde era mais fácil
Se revirar junto a elas
E quebrantar sua vontade;
Onde era mais fácil
Com seu peso subjugá-las;
Onde as ondas formadas
As envolviam e submergiam;
Onde o alento e as forças
Finalmente se esvaíam!

 

Ela, tão bela e poderosa,

Tão forte e dominadora,

Reduz o predador à vítima

E continua o trabalho de seus caninos

Com graça e charme felinos!

 

E após levá-lo às alturas

Com toda a força e vigor de seus movimentos,

Descansa uns instantes, ofegante,

Enquanto sente a brisa primaveril

Que perfumou as copas das árvores,

Segura de não ter que dividi-lo com mais ninguém,

Para só então recomeçar e verdadeiramente saciar

Sua interminável fome felina

– uma fêmea faminta precisa se alimentar!

 

Manhãs selvagens

De instinto voraz;

De gata selvagem,

De bela felina

Vestida de oncinha

Com a sedutora pelagem!

 

01/10/2023


 

Nota sobre a foto: imagem da internet sem identificação de autoria. Busco exaustivamente a autoria de cada imagem, mas nem sempre a encontro. Caso alguém conheça sua autoria, por favor, me informe para que eu possa identificar a imagem e dar o merecido crédito ao artista!


Visitem meu Site do Escritor: http://www.escrevendobelasartes.com/

Julia Lopez
Enviado por Julia Lopez em 01/10/2023
Alterado em 03/10/2023
Copyright © 2023. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários

 OBRA 

 BLOG 

 

Voltar ao início

 

MURAL DE AVISOS:
 

- Para lerem meus NOVOS POEMAS PUBLICADOS, basta clicarem no título: Sinto a Tua Falta...OrbitalLaços da EternidadeInquietudeMeu MundoFim de NoiteSinto Partir...O Homem IdealPorto de ErinaTríbadesA MelissaA HebeHelena de MitileneManhãs PantaneirasGárgula Pantaneira e Valores da Terra

- Acessem meu Blog e saibam mais sobre minha posse como Imortal da Academia de Letras do Brasil - ALB.

 


 

FERRAMENTAS DE PESQUISA:

Abaixo disponibilizo caixas de pesquisa que podem ser úteis. Não se preocupem com qualquer mensagem de "formulário não seguro" ou "conexão não segura" que surgir, pois nessas caixas não serão inseridos dados importantes, nem dados pessoais ou sigilosos.

 

Dicionário online:


Para pesquisar sobre assuntos gerais e mitológicos:


teste


Para pesquisar sobre mitologia:

Site do Escritor criado por Recanto das Letras
Digite aqui o assunto que deseja procurar dentro do Site e aperte a tecla "Enter" ou clique no botão "Pesquisar": Copyright © 2013. Todos os direitos reservados sobre todo o conteúdo do site. É proibida a cópia, reprodução, distribuição, exibição, criação de obras derivadas e uso comercial sem a minha prévia permissão.
 OBRA         BLOG